Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Uma história inacreditável aconteceu na noite da última segunda-feira (2) na região do bairro Santa Cândida, em Curitiba. Tudo começou quando um homem que havia ido a um bar estacionou um Ford Fiesta vermelho em uma rua e uma estudante universitária também deixou um carro idêntico a duas quadras de distância.

O homem saiu do bar depois de beber um pouco a mais e encontrou um Ford Fiesta estacionado. Entrou no carro, deu partida e foi para casa. Tudo normal? Não. O carro era da universitária e não o dele.

“No dia seguinte a jovem nos procurou dando queixa do furto de seu carro. O mesmo aconteceu com o homem que percebeu só no dia seguinte, devido ao estado de embriaguez, que seu carro estava com as placas diferentes e com uma batida na lateral”, descreveu à Banda B a delegada Vanessa Alice, do 4° Distrito Policial.

Segundo Vanessa Alice, o homem procurou a delegacia dizendo que bandidos invadiram sua casa e trocaram o carro por outro batido. “Ele acreditou nesta versão mesmo depois que nós confrontamos o Boletim de Ocorrência e verificamos o mal entendido. Posso dizer que nos meus anos de polícia é a primeira vez que vejo isto”, disse a experiente delegada.

Como não houve furto e nenhum flagrante até mesmo quanto à embriaguez, os envolvidos foram orientados apenas a retirar o alerta de furto depois do mal entendido.