Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

coquetel

Material utilizado pelo suspeito (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

A Delegacia de Piraquara está na caça de Eusébio Christoni, de 45 anos, acusado de atear fogo na ex-mulher e na enteada de 12 anos em um condomínio na Planta Deodoro, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. O caso aconteceu na noite deste domingo (18) e as duas vítimas estão internadas em estado grave no Hospital Evangélico. A condição de saúde da mãe é considerado mais preocupante.

ACUSADO

Suspeito é procurado pela polícia (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

De acordo com o delegado Osmar Neves Feijó, de Piraquara, quando Chistoni foi flagrado pelo síndico do condomínio as vítimas estavam com o corpo pegando fogo. “Elas foram amarradas e o rapaz usou gasolina para cometer o crime, material que inclusive apreendemos no local. Antes da população detê-lo por completo, o homem fugiu e até agora não foi localizado”, contou à Banda B.

O delegado explicou que existem duas linhas para o crime: a primeira é que ele fez isto porque a ex-mulher tinha o denunciado por um abuso contra a filha e a segunda é que o homem estava inconformado com a separação. “O abuso foi denunciado no primeiro semestre de julho e estamos aguardando os exames do Instituto Médico Legal para confirmar se de fato o ato foi consumado. Ele agiu de maneira insana”, afirmou Feijó.

“O que queremos agora é a ajuda da população para prender este marginal. Quem tiver informações pode entrar em contato com nossa delegacia pelo telefone: 35901200″, complementou.