Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

“É o Rapaz Todo errado”. Foi assim que o supervisor Aparecido, da Guarda Municipal de Curitiba (GM), resumiu a situação de Luiz Fernando Leite, de 42 anos. Depois de achar que estava ‘abafando’ em uma motocicleta na região central de Curitiba, o rapaz terminou a noite na carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba (DFR).

Quem deu detalhes de todos os erros cometidos por Leite foi o supervisor da GM. “Vamos lá: Ele tinha um mandado de prisão por furto, estava dirigindo uma motocicleta embriagado, sem capacete e sem carteira Nacional de Habilitação”, iniciou.

“A motocicleta tinha placas clonadas e o rapaz tinha uma porção de maconha em seu bolso. Achou que estava abafando no Centro e se deu mal”, completou Aparecido.

O suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de trânsito, por receptação, adulteração de veículo automotor e pela maconha encontrada.