Por Felipe Ribeiro e Luiz Henrique de Oliveira

A queda de um caminhão guindaste deixou pelo menos um operário morto e outro gravemente ferido na tarde desta terça-feira (5) no quilômetro 674 da BR-376, próximo a divisa do Paraná com Santa Catarina. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a obra era realizada na ponte sobre o Rio Pirizal pela Autopista Litoral Sul e houve lentidão devido ao atendimento as vítimas.

601542_180089485460709_30128931_n

Roberto Roder morreu na hora (Foto: Reprodução)

O operário Roberto Roder, de 54 anos, trabalhava na empresa Guia Locadora e prestava serviços para a Autopista. De acordo com a concessionária, apenas a pista que já estava bloqueada devido a uma obra de reforço e alargamento da pista, ficou fechada.

Por volta das 16h30, a lentidão na pista chegava a dois quilômetros no sentido Santa Catarina.

O operador do guindaste, José Luiz Borges, de 29 anos foi encaminhado pelo helicóptero da PRF para o Hospital Unimed de Joinville. Ele é morador de Garuva e trabalha para a empresa Latina, que faz parte do mesmo grupo da concessionária.

Em nota, a Autopista Litoral Sul informou que a Polícia Civil irá apurar as causas do acidente, que lamenta o ocorrido e que presta todo o atendimento necessário às famílias das vítimas.