(Foto: Reprodução)

A polícia identificou nesta quinta-feira, 15, um agente da Guarda Civil Metropolitana de Guarulhos como o suspeito de ter agredido na segunda-feira o ator João Pedro Medeiros, de 23 anos, no banheiro do Shopping Higienópolis, região central de São Paulo. O nome do GCM não foi divulgado.

Segundo o delegado do 77.º DP (Santa Cecília), Ailton Camargo Braga, o suspeito deve ser indiciado por lesão corporal. “Para esse tipo de crime não cabe a solicitação de prisão provisória.” Na delegacia, Medeiros relatou nesta quinta à polícia que estava no banheiro quando viu um homem exaltado saindo de um sanitário. Segundo a vítima, o suspeito já tinha feito xingamentos homofóbicos.

“Quando acabei de lavar as mãos, vi que ele se virou para mim”, contou. Medeiros disse que o homem sacou uma arma e o agrediu com uma coronhada. “Quando coloquei a mão na cabeça, puxei um pedaço do couro cabeludo. Tinha muito sangue.” O agressor fugiu. Em nota, o shopping disse que socorreu a vítima e colabora com a investigação.