(Foto: EBC)

 

Um grupo de motoristas de aplicativos conhecido como Caveira evitou que um condutor da UBER fosse assaltado na tarde desta quinta-feira (16), no bairro Tarumã, em Curitiba. O motorista do aplicativo recebeu uma chamada para a região e quando chegou ao local quatro passageiros, entre 25 e 30 anos, dentre eles três homens e uma mulher, embarcaram no veículo, com a intenção de cometer o crime.

Ao suspeitar que seria assaltado, o motorista acionou os companheiros do grupo, que vieram em apoio. O motorista do aplicativo Cabify, Guilherme Machado, passou detalhes da situação. “Eles se passaram por passageiros e foram assaltar o motorista, que nos avisou. Uma viatura da Polícia Civil passava pelo local e os policiais fizeram a prisão dos suspeitos, depois que foram avisados por membros do grupo, que se deslocaram à região”, descreveu à Banda B.

Com os quatro assaltantes, os policiais encontraram uma pistola calibre 380. O motorista ainda explicou que os carros dos membros do grupo possuem rastreador e escuta. “Acaba que a gente nunca perde o contato visual, então é uma segurança muito interessante para nós, evitando um sequestro contra um membro do aplicativo”, afirmou.

O motorista ainda deixou um convite para quem tiver interesse fazer parte do Grupo Caveira. “Vamos ter uma reunião com palestras e  para colocar todo mundo no grupo, para fazer a segurança de todos. É gratuito e basta ter força de vontade para ajudar o outro, porque você vai ajudar e também será ajudado”, descreveu.

A reunião vai acontecer na Rua Domingas Scrocari Marochi, n. 149, em São José dos Pinhais, às 17h da próxima terça-feira. O suspeitos detidos foram encaminhados à Polícia Civil.