Da Redação com PC

colombodentro20210

(Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

A duradoura amizade entre João Carlos da Cruz, 25 anos, e Murilo Vieira Pereira, 23 anos, que começou quando os dois ainda eram crianças e moravam no Cajuru, em Curitiba, não rendeu apenas frutos positivos, como se podia imaginar. Agora, ambos estão presos na carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), resultado de um assalto ao Hospital dos Olhos de Curitiba, ocorrido na manhã da última segunda-feira (30), quando a dupla levou mais de R$ 100 mil.

De acordo com o delegado adjunto da DFR, Rodrigo Souza, a equipe da especializada trabalhou ininterruptamente durante todo o período seguinte ao assalto e conseguiu prender a dupla na tarde desta terça-feira (2).

jhospitaldosolhosdentro

Dinheiro apreendido (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Cruz foi preso em sua casa em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), com um revólver calibre 38 utilizado no crime. Com ele também foram encontradas 100 buchas de cocaína. Por isso, além do assalto ele responderá por tráfico de drogas.

Informação privilegiada

Pereira, que trabalhava no setor financeiro do hospital, foi capturado em casa, no Cajuru. “Pereira sabia que nos últimos dias o hospital, localizado no Batel, estava sacando dinheiro para poder pagar um fornecedor em espécie. Ele fez contato com Cruz e contou todos os detalhes para facilitar o assalto. No dia do crime, armado, Cruz foi direto ao cofre, por já saber a localização com antecedência e a rotina dos funcionários do hospital”, contou Souza.

O delegado destacou que Cruz havia saído da cadeia no mês de setembro, após cumprir pena por homicídio. “Na casa de Pereira nós encontramos várias notas de R$ 100 com o número de série igual ao das roubadas. Agora seguimos investigando para localizar o restante do dinheiro”, disse o delegado, destacando que por questões de segurança o hospital não divulgará o total exato de quanto foi roubado.