Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

hsbc-novomundoAgência do HSBC onde a troca de tiros aconteceu. Foto: AN/Banda B

Dois integrantes da quadrilha intitulada Gangue do Maçarico foram presos durante a madrugada deste domingo (15) no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Eles trocaram tiros com a Polícia Militar e a suspeita é que um terceiro integrante – que conseguiu fugir – esteja ferido. Os detidos não tiveram a identidade confirmada, mas têm 18 e 19 anos e são naturais de Joinville.

Durante a madrugada, o trio invadiu a área do autoatendimento de uma agência do HSBC, localizada na Avenida República Argentina. Moradores viram a ação do grupo e acionaram a polícia. Houve intensa troca de tiros e um deles, o único que estava armado, conseguiu fugir. “Suspeitamos que ele esteja ferido e vamos monitorar hospitais de Curitiba e região”, disse o tenente João Correia do 13º Batalhão da Polícia Militar, que participou da ação.

Os dois detidos são jovens e vieram da cidade catarinense para praticar o assalto. Eles estavam com um Fiat Uno. Testemunhas disseram ter visto o foragido com um veículo Polo de cor prata. A dupla presa foi levada ao Centro de Operações Policias Especiais (COPE).

santander-hcTentativa aconteceu no Santander do Alto da XV. Foto: AN/Banda B

Antes
Antes da ação que resultou na prisão, o trio conseguiu cortar um caixa eletrônico do banco Santander, na rua Padre Antônio, próximo ao Hospital das Clínicas, na noite de sábado (14). No entanto, como o cofre não foi atingido e eles fugiram antes da chegada da polícia, decidiram partir para um novo assalto.

Também

Na região metropolitana a Gangue também agiu nesta madrugada. Em São José dos Pinhais, na rua Visconde do Rio Branco, no Centro, a Polícia Militar (PM) foi acionada por testemunhas que viram bandidos invadirem a agência bancária do Santander. A central de monitoramento também acionou, mas o grupo já tinha ido embora. Eles conseguiram levar parte do dinheiro de um caixa eletrônico. Uma máscara e um isqueiro foram deixados pelos bandidos.