A média da violência continua em alta em Curitiba e região metropolitana. Neste final de semana, 26 pessoas morreram de forma violenta, de acordo com o boletim oficial do Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Deste total, 13 foram assassinadas; quatro foram vítimas do trânsito, quatro por enforcamento, três vítimas ficaram na dependência de exames complementares e duas pessoas morreram por queda.

Recorde

O final de semana passado bateu o recorde de morte violentas. Ao todo, 39 pessoas morreram de maneira violenta – quatro a mais do que o final de semana retrasado, dia 16 e 17 de fevereiro.

Casos

Fabio de Andrade Henrique, 32 anos, foi morto com três tiros na cabeça dentro de um carro na tarde deste domingo (3) na rua São Roque, na Vila Brasília, em Mandirituba, região metropolitana de Curitiba. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), ele estava dentro de um carro quando um Kadet parou ao lado e um homem efetuou três disparos. A Delegacia de Fazenda rio Grande investiga o caso.

Em Balsa Nova, uma jovem de 18 anos foi baleada. Thais Aparecida Vieira chegou a ser encaminhada ao Hospital Nossa Senhora do Rocio, mas não resistiu e morreu.

Em Piraquara, José Aparecido Borges da Silva, 34 anos, foi baleado na rua Júri Dalilenko, em Guarituba. A vítima morreu a caminhado do Hospital Cajuru.