Da Redação com Polícia Civil

Uma operação conjunta entre a Vigilância Sanitária Municipal de Curitiba, o Conselho Regional de Farmácia e equipes do Núcleo de Repressão aos Crimes Contra Saúde (Nucrisa) da Polícia Civil prenderam a responsável por uma farmácia de manipulação na Rua Chile, no bairro Água Verde, na última terça-feira (1). O local foi interditado e impossibilitado de funcionar até os problemas verificados serem resolvido.

Segundo o Nucrisa, na farnucrisamácia foram localizados produtos em situação irregular, como substâncias sem quaisquer informação de origem e/ou procedência, medicamentos sem rótulos, manipulação de produto não permitido no Brasil pela Anvisa e vários medicamentos e matérias primas vencidos. Além disso, foi encontrada grande quantidade de produtos que seriam destinados à venda estocados irregularmente nos armários do vestiário dos funcionários, sem quaisquer condições de higiene. A farmacêutica responsável foi presa.

A delegada titular do Nucrisa, Samia Coser, destacou a importância da atuação conjunta entre os órgãos no combate ao uso de medicamentos vendidos em desacordo com determinação legal e que, desta forma, possam colocar em risco a vida de quem o utilizar.