Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

dependente-piraquara14092013

Família disse que já esperava por isso. Foto: JC/Banda B

Dependente químico há sete anos, Sandro Saldanha de Oliveira, 35 anos, foi assassinado na noite desta sexta-feira (13) em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. Depois de levar um golpe de faca ele foi empurrado em um barranco e durante a queda ainda bateu a cabeça. A família disse que já esperava por isso há anos.

O crime aconteceu na rua Quatro Barras, no Jardim Roma. A tenente Tonelli, do 22° BPM, comentou as poucas informações recebidas pela equipe. “Ninguém sabe muita coisa, sabemos apenas que era usuário de entorpecentes, mas sem antecedentes”, disse.

Ao falar da vida do irmão, Maycon de Oliveira, fez um relato surpreendente sobre a família. Ele disse que este já era um momento esperado por eles, pois não acreditava na reabilitação de Sandro. “Já era esperado, a gente tentou falar, mas não adiantava nada. O mundo da droga é assim: ou cadeia ou caixão. O dele foi esse. Ele estava nessa vida há 7 anos, ele era engraçado, bacana, morava junto comigo e com meu pai. A vida dele, tudo que fazia, era pra comprar droga”, finalizou o irmão.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a delegacia do município vai investigar o caso.