Um homem que agia em Curitiba foi preso nesta sexta-feira depois de tentar aplicar o golpe do falso mecânico. Passando-se por um mecânico, o rapaz criava um problema no carro da vítima, preferencialmente uma mulher, e como um ‘anjo’ prontificava-se a ajudar. Para enganar as motoristas, o suspeito jogava bolas de gudes embaixo do veículo, causando um barulho estranho.

A identidade da vítima, de 39 anos, não foi revelada porque ele irá responder ao processo em liberdade. No último golpe, quando foi preso, o rapaz jogou as bolas de gudes no chão e disse para a vítima que ela tinha muita sorte, porque ele era mecânico e ia ajudá-lo. O custo do conserto, que na verdade não era necessário, seria de R$ 200.

No ano passado, a Banda B havia relatado em primeira mão o golpe que vinha acontecendo em Curitiba. Esta é a primeira prisão de um envolvido neste tipo de crime na capital.