O ex-presidiário Antonio Fernandes, 29 anos, foi assassinado na noite desta quarta-feira (1º) no Jardim Paraíso, na cidade de Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba. A vítima já esteve presa pelo crime de roubo e morreu com três tiros: pescoço, peito e cabeça.

O crime aconteceu na rua Delegado Theolindo Baptista de Siqueira quando moradores ouviram tiros e perceberam que três homens deixaram o local. “Ninguém sabia dizer quem tinha feito os disparos, apenas que eles estavam em três pessoas. Ele já passou pelo sistema penitenciário. Analisando a vida regressa dele pode ser um acerto de contas”, explicou o tenente Etiene, do 22º Batalhão da Polícia Militar.

Decomposição

Um corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado na manhã desta quinta-feira (2) em uma valeta na Vila Iná, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. A vítima estava dentro de uma valeta na rua Luiz Rafael Poplade há pelo menos 10 dias. O Corpo de Bombeiros foi acionado para resgatar o corpo. O Instituto de Criminalística foi acionado para determinar a causa da morte do desconhecido. Vizinhos contaram à Polícia Militar (PM) que ouviram disparos de arma de fogo há dias atrás. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.