Por Luiz Henrique de Oliveira e Flávia Barros

Empresário foi baleado por ex-funcionário (Fotos: Flávia Barros – Banda B)

Um empresário foi baleado três vezes por um ex-funcionário dentro do posto de combustíveis que é proprietário na Rua Mateus Leme, no bairro São Lourenço, em Curitiba. O atentado aconteceu por volta das 10h15 deste sábado (11). Adhely Dalmolin foi socorrido em estado grave ao Hospital Evangélico.

Segundo uma testemunha, que estava na sala em que Dalmolin foi baleado, o ex-funcionário trabalhou durante cinco meses no estabelecimento. “Este rapaz foi mandando embora porque estava desviando dinheiro e agora faz isso. Ele chegou atirando, sem falar nada”, lamentou.

Funcionário bateu contra carro do atirador, que fugiu

De acordo com o socorrista Geziel, os tiros acertaram tórax e braço. “Um homem de 46 anos, estabilizado e sendo levado ao Hospital Evangélico”, contou.

Acidente e prisão

Após o crime, um funcionário seguiu o atirador e bateu contra a Doblo que ele estava. “Infelizmente, ele colocou a mão na cintura, onde estava a arma, e acabou fugindo”, contou.

Pouco depois, o suspeito de cometer o crime, identificado como Pedro Ângelo Kozar, de 48 anos, foi preso em flagrante por policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Armas localizadas com o suspeito

“Tínhamos características físicas do autor e sabíamos que ele fugiu a pé. Uma equipe nossa teve êxito em abordá-lo próximo a Ópera de Arame. Foram localizadas uma arma calibre 12 no veículo e outra calibre 38 em sua posse”, disse o à Banda B o tenente Rodrigo Souza, do Bope.

Segundo o tenente, o suspeito já tem passagens pela polícia  no Mato Grosso e premeditou o atentado de hoje. “Foi premeditado, porque ele estava preparado para cometer a ação, tanto que já havia trocado as cápsulas de calibre 38. Ele tem passagens por violência doméstica e agora permanece preso”, descreveu.

Assista ao momento da chegada do suspeito ao Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul: