Um homem de 26 anos, que saiu da cadeia há exato um mês, foi assassinado no final da tarde desta sexta-feira (25) no bairro São Braz, em Curitiba. De acordo com a polícia, ele saia de um estúdio onde tinha feito uma tatuagem, quando em direção ao seu carro, que estava estacionado na rua Bernardino Iatauro, foi surpreendido pelo atirador.

Juliano Cunha – Banda B

Vitor Vieira Moura foi atingido por pelo menos 10 disparos e morreu na hora. O autor do crime fugiu em um Fiat Uno e foi perseguido por um policial militar a paisana. O carro foi abandonado na rua da Independência, menos de um quilometro do local do assassinato, e o atirador fugiu por uma matagal.

De acordo com um comerciante da rua, ele só teve tempo de se esconder assim que começou a escutar os tiros. “Eu estava fechando o meu caixa e só tive tempo de me abaixar no balcão. Depois que passou o tiroteio eu fui ver o que aconteceu e só encontrei o corpo dele lá. Hoje em dia eu fecho cedo meu estabelecimento por medo, os comerciantes da região já sofreram vários assaltos”, disse.

A informação repassada pela polícia foi de que Vitor havia saído da cadeia no dia 26 de dezembro beneficiado por uma decisão da justiça. A Delegacia de Homicídios investiga o caso.