A polícia já identificou os suspeitos de terem matado o punk César Roberto, o Lagarto, no Centro de Curitiba, na madrugada do último dia 17 de março. O delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH), confirmou à Banda B que falta apenas o autor da facada ser ouvido. Uma testemunha que entrou em contato com a emissora informou por fonte segura que o jovem é estudante da Universidade Federal do Paraná. Inclusive, a Banda B já sabe o nome dele, mas não irá divulgá-lo para não atrapalhar o trabalho dos investigadores da DH.

Questionado se de fato este estudante seria um universitário, Recalcatti negou. “Só posso realmente informar que ele é um estudante. Quase todos foram ouvidos e o caso já está praticamente elucidado. A motivação, embora eles neguem, é a questão ideológica. Eles são de um grupo skinhead que atacou o punk”, afirmou o delegado.

Recalcatti afirmou que caso o suspeito não se apresente nas próximas horas será pedida uma prisão preventiva dele. “Vamos tomar esta medida. Ele deveria se apresentar na tarde de hoje, mas não o fez”, concluiu.

A Banda B também foi informada sobre qual curso faz o autor do crime, mas não irá revelar para não atrapalhar o trabalho policial.

O crime

“Lagarto” foi assassinado por um grupo de skinheads no final da madrugada de domingo (17), no Centro de Curitiba. O caso aconteceu em frente a um bar na Rua Trajano Reis. Segundo a DH, os skinheads abordaram o punk e sem conversa deram um golpe de faca no pescoço dele. A arma usada no crime foi encontrada horas depois pela polícia.