Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri

A esposa de Ricardo Gonçalves, 39 anos, alvo de disparos de arma de fogo, foi morta na noite desta quarta-feira (30) tentando defender marido durante uma discussão no portão da casa da família, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Patrícia Ruth Ferreira, 34 anos, foi assassinada com cinco tiros e morreu na hora. Ela notou que o marido seria morto e se jogou na frente dele. Os atiradores fugiram e não foram presos.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o casal estava em casa, no bairro São Judas Tadeu, quando ouviu a um chamado no portão. Gonçalves foi até ao portão e iniciou uma discussão com dois homens armados. Nesse momento, Patrícia percebeu a confusão e foi até a frente da casa para intervir na briga, mas logo os criminosos atiraram pela primeira vez, atingindo o peito de Gonçalves.

Testemunhas contaram à Banda B que Patrícia se jogou na frente do marido e terminou de receber os cerca de cinco disparos efetuados contra ele. Vizinhos viram a movimentação e acionaram a PM. A mulher morreu na hora e o corpo foi encontrado próximo ao portão. O marido dela conseguiu fugir e foi encontrado ferido na rua Moisés Monteiro Cabral, onde foi socorrido pelo irmão a Unidade de Pronto-Atendimento do Afonso Pena.

Ambos possuíam passagens pela polícia e Gonçalves, inclusive, já tinha sido preso. Ele foi transferido para o Hospital São José e o quadro de saúde é grave, porém estável. A delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso.