Da Redação

A esposa do superintendente Marcos Gogola, que foi assassinado no último dia 5 durante uma escolta policial, sofreu um infarto nesta terça-feira (10) em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Rosana Gogola foi internada em estado grave no Hospital Santa Casa de Curitiba um dia antes da missa do sétimo dia do marido.

Gogola  foi morto próximo da hora do almoço por quatro bandidos que queriam resgatar um quinto envolvido, que era escoltado até um consultório odontológico do Centro de Campo Largo. Outro policial civil também acabou baleado durante a ação. Os cinco envolvidos já foram presos.

A missa de sétimo dia de Gogola acontece às sete horas da noite desta quarta-feira (11), na Paróquia Santuário Sagrado Coração de Jesus, na Avenida Água Verde.

Notícias Relacionadas:

Assista última homenagem de policiais a Gogola: “Guerreiro de arma”

Preso resgatado ordenou na fuga que policial Gogola fosse assassinado, mesmo rendido