Por Luiz Henrique de Oliveira

(Fotos: Bruno Henrique – Banda B)

A Escola Estadual Santo Agostinho, localizada na Rua Cascavel, no bairro Boqueirão, em Curitiba, foi alvo de vandalismo na madrugada desta quinta-feira (30). A secretaria do colégio e também a sala da direção foram destruídas por dois jovens, flagrados pelas câmeras de segurança. Um notebook e dois celulares foram furtados.

A diretora da escola, Cleide Aparecida Rodrigues, lamentou o que aconteceu e criticou a banalização do vandalismo. “Estávamos em alerta, porque isso tem acontecido em escolas da região. Infelizmente é uma situação de transtorno que vivemos. Foram sete portas arrombadas, outras serradas, extintores quebrados e muita destruição. Acredito que foi vandalismo por puro vandalismo”, desabafou.

Cleide também contou que de madrugada uma policial militar, que é permissionária para passar a noite na escola, percebeu a ação. “Eu vim aqui de madrugada e vi o que fizeram na secretaria, hoje cedo vimos o restante na sala da direção. As aulas durante o dia de hoje foram canceladas, mas acontecerão normalmente à noite”, explicou.

Por fim, Cleide falou que terá que gastar com o conserto da escola um dinheiro que seria entregue para a próxima gestão. “Está chegando ao fim a minha gestão de três anos e tínhamos essa reserva em caixa, infelizmente teremos que usar e talvez arranjar outros meios de conseguir mais, porque o estrago não foi pequeno”, concluiu.

As imagens das câmeras de segurança serão entregues ao 7° Distrito Policial (7° DP), que investiga o caso.