Um engenheiro têxtil formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) foi detido em flagrante pela Polícia Militar (PM) na noite desta quinta-feira (19) no bairro Xaxim, em Curitiba.

Segundo a PM, o rapaz foi abordado por seguranças de um supermercado ao ser encontrado com duas peças de picanha do estabelecimento escondidas em sua mochila. Aos policiais, o engenheiro afirmou que uma das peças iria comer e a outra trocaria por crack.

Um inquérito policial sobre o caso foi feito no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, no bairro Portão, em Curitiba.