Por Luiz Henrique de Oliveira e Ricardo Vieira

Um empresário no ramo de vestuário foi executado a tiros na Rua General Carneiro, ao lado da reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no fim da noite desta quarta-feira (17). Samuel Sandraque Sanches morreu na frente do filho de 13 anos e amigos, após ser vítima de uma tocaia.

crime

Empresário foi executado na frente do filho e amigos (Foto: Ricardo Vieira – Banda B)

Segundo testemunhas, Sandraque conversava com filho e amigos na esquina com a Amintas de Barros, no Centro, quando um veículo HB20 entrou na contramão. Os integrantes começaram a disparar. Foram mais de 30 tiros, que também acertaram carros e uma sala de estudos da casa do estudante universitário.

Mesmo ferido, Samuel tentou correr, mas foi perseguido e atingido mais vezes, caindo morto do lado da casa da estudante da UFPR. Parentes e amigos estavam transtornados no local e nada foi dito a respeito dos autores e nem da motivação do crime.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa passa a investigar o caso.