Da PMPR

O 20º Batalhão de Polícia Militar (20º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), tem realizado diversas atividades preventivas e ostensivas, com o objetivo de fortalecer a segurança pública em sua área de atuação (região leste de Curitiba), o que já resultou, somente no mês de outubro, em 171 presos, 17 adolescentes apreendidos, além da apreensão de 18 armas de fogo e 115 veículos recuperados (69 roubados e 46 furtados).

Durante o mês de outubro, os policiais do 20º BPM também apreenderam 54,4 kg de maconha, 630 gramas de crack, 381 gramas de cocaína, 11 comprimidos de ecstasy e oito pés de maconha, R$ 4.975,90 em dinheiro, além de dois simulacros de arma de fogo e três coletes balísticos. Os dados constam relatório do setor de Planejamento do Batalhão e foram divulgados nesta quinta-feira (13/11).

O comandante da unidade, major Dorian Nunes Cavalheiro, os resultados tem se obtido graças ao empenho diuturno de todo o efetivo. “Nossos policiais militares são dedicados e eficazes, procurando fazer o melhor em prol da segurança pública da sociedade. Temos feito operações diariamente com a nossa ROTAM e ROCAM, além do trabalho do Serviço Reservado (P2), que tem realizado constantes apreensões de drogas”, destaca.

batalhao(Foto: Divulgação PMPR)

Ainda segundo o major Cavalheiro, a unidade tem realizado operações com foco no combate ao tráfico de drogas e armas, atuando nos bairros com maior índice de criminalidade. Atualmente, o 20º BPM atende 29 bairros da região leste da capital paranaense e conta com efetivos da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM), Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM), Radiopatrulha (RPA), além do Serviço Reservado (P2) e do GPROM (Grupo Pró Ativo Motorizado), por meio das 4 companhias estabelecidas na área de atuação do 20º BPM.

A unidade possui ainda duas Unidades Paraná Seguro (UPSs): uma no bairro Uberaba e a segunda no bairro Cajuru, que atuam em parceira com comunidade para inibir a prática de crimes e delitos. Também está à disposição da população as Unidades de Policiamento Móvel, que possuem como apoio viaturas leves e motos, estabelecidas em pontos estratégicos com maior circulação de pessoas, atuando como policiamento presença e facilitando o contato entre o cidadão e a Polícia Militar.

“A relação entre a comunidade e a PM é essencial para reduzir os índices de criminalidade e contamos com o apoio das pessoas para que denunciem de forma anônima por meio do 190 ou 181-Narcodenúncia, auxiliando a Polícia Militar ao proporcionar mais segurança á população”, afirma o major.