Da Redação com PMPR

Dois suspeitos de invadirem uma casa no Bairro Alto, em Curitiba, foram presos em Pinhais, na região metropolitana, na manhã desta terça-feira (3). Equipes da Polícia Militar (PM) e da Guarda Municipal localizaram os veículos roubados pelos bandidos durante o assalto à família, um Citroen C3 e um Celta, após patrulhamento no bairro Vargem Grande e próximo ao local do crime, respectivamente.

assalto-pinhais

(Foto: Divulgação/PM)

Logo em seguida, a polícia recebeu a informação de que o Hyundai HB20 utilizado pelos criminosos havia sido abandonado e que eles tinham entrado em uma residência nas proximidades do Vargem Grande. Dentro da casa, a abordagem foi realizada e a equipe encontrou os produtos roubados, dinheiro, além de duas armas de fogo.

Na ocasião do assalto, segundo a PM, os criminosos foram bastante violentos e chegaram a agredir as vítimas. Eles fugiram do local com diversos eletrodomésticos, jóias e celulares – todos recuperados pela polícia.

As vítimas reconheceram os autores do roubo, que foram encaminhados à delegacia de Pinhais, onde permanecem à disposição da Justiça. Em nome de um dos detidos, havia um mandado de prisão pendente expedido em razão da prática de homicídio qualificado.

Roubo em Pinhais

Equipes da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) prenderam dois homens na manhã desta terça-feira (03), após eles roubarem um carro e objetos de uma casa em Pinhais (PR). Com a dupla, os policiais militares apreenderam dois revólveres de calibre .38 e recuperaram todos os produtos roubados.

A ocorrência aconteceu por volta de 8h15, quando os suspeitos invadiram a residência e roubaram um Fox e objetos dos moradores, além de levarem um deles como refém. “Ao recebermos informações do roubo, montamos um cerco em toda a área para evitar a fuga. Durante as buscas, localizamos a dupla na Linha Verde e recuperamos os pertences. A vítima tinha sido liberada minutos antes da abordagem”, explicou o comandante da equipe, sargento Helder de Jesus Ferraz.

Os dois detidos já tinham passagem pela polícia, ambos por tráfico de drogas. A vítima que estava em poder dos suspeitos, não sofreu ferimentos e foi amparada pelos policiais militares. Após os procedimentos de praxe, a dupla foi levada até o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC-Sul) para as medidas cabíveis