Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já sabe quem matou a jovem Daiane Neo, de 20 anos, no dia 27 de março deste ano em um aviário no bairro Sitio Cercado, em Curitiba. Segundo a DHPP, foram dois jovens que tinham uma rixa antiga com o marido dela. Na manhã desta segunda-feira (23), a polícia fez uma operação para prender os acusados, mas eles tinham fugido.

De acordo com o delegado Cristiano Quintas, a vítima, além de ter sido morta pelas costas, estava grávida. “Isso é apenas mais um agravante neste crime de homicídio qualificado. Os autores foram Raimundo José Oliveira, de 22 anos, e Elton dos Santos Oliveira. Eles queriam atirar contra o marido da Daiane, que conseguiu fugir e não foi atingido”, descreveu à Banda B.

aviárioNo dia da ocorrência (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Quintas também contou que na manhã de hoje a intenção era prender os dois suspeitos. “Fomos até a casa do Raimundo em São José dos Pinhais, mas a informação é que ele fugiu para Santa Catarina. Também nos deslocamos a casa do Élton, no Sitio Cercado, mas ele não estava mais. Temos todas as provas e agora vamos até o fim para colocar os dois atrás das grades”, afirmou.

Quem tiver informações sobre os suspeitos pode ligar na DHPP no telefone: 3360-1400. O delegado explicou que a morte de Daiane foi em decorrência de uma briga familiar. “Eles são todos parentes e antes do crime o marido da vítima teria tentando matar o Raimundo. É uma questão antiga entre os rapazes”, concluiu.

Notícia Relacionada:

Atiradores invadem aviário atrás de homem e mulher dele é quem acaba morta