Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

Fenômeno em vários países, o jogo para smartphones Pokémon Go tem levado muitos jovens às ruas de Curitiba em busca dos bichinhos virtuais. Em alguns lugares do globo, já foi responsável por acidentes e até mesmo crimes, como é o caso de um roubo de celular ocorrido na capital paranaense. De acordo com informações da Polícia Civil, um jovem de 21 anos foi preso e o primo dele, de 17, foi apreendido após roubarem o celular de uma jovem que jogava o game no bairro Guaíra durante a última sexta-feira (5).

presopokemon

Suspeito foi encaminhado à Delegacia de Furtos e Roubos (Foto: Flávia Barros – Banda B)

De acordo com o delgado André Feltes, a dupla confessou que a vítima estava entretida e de olho no celular, o que chamou a atenção deles para o crime. “Um deles a empurrou e o outro puxou o celular. Como uma equipe estava investigando um roubo, os policiais perceberam eles correndo e conseguiram realizar a prisão”, relatou o delegado.

Alliff Brenndon Soares da Silva, de 21 anos, foi encaminhado para a Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) e agora irá responder pelo roubo e por corrupção de menores. Já o adolescente foi levado à Delegacia do Adolescente de Curitiba.

Alerta

Feltes relatou ainda que o caso serve como um alerta para outros jogadores, já que criminosos se aproveitam de qualquer distração para agir. “Apesar de o aplicativo estar na moda, é interessante que as pessoas nunca se descuidem do mundo real e prestem sempre atenção nas proximidades”, concluiu.

Nenhum dos suspeitos detidos possuía passagens pela polícia e agora permanecem à disposição da Justiça.