Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

O cabeleireiro morto a facadas no salão de beleza do qual era proprietário no bairro São Braz, em Curitiba, na manhã do último sábado (24), estava nu dentro do estabelecimento, de acordo com a Delegacia de Homicídios de Curitiba. O crime aconteceu na Avenida Vereador Toaldo Túlio e a suspeita é que um namorado de Silvio Tomás de Oliveira, de 35 anos, tenha sido o autor do crime.

De acordo com o delegado Dirceu Shaktae, da Divisão de Homicídios de Curitiba, responsável pela investigação do caso, a suspeita é que Sílvio estacionou o carro Honda Civic em frente ao estabelecimento e entrou acompanhado, o que contrária a primeira hipótese de que alguém o esperava dentro do salão.

“Eles podem ter mantido relação e acontecido alguma confusão. O que nos chama a atenção é que ele tinha vários relacionamentos, o que dificulta a identificação do suspeito. Qualquer informação de alguém que se encontrou com Sílvio no dia do crime pode ser passada aqui à delegacia, de maneira anônima, no telefone: 33601400 “, descreveu o delegado.

Notícia Relacionada:

Dono de salão de beleza é morto a facadas e polícia suspeita de crime passional