Bruno Henrique/Banda B
As causas da morte estão sendo apuradas

A desconfiança do dono de uma pensão no bairro Cajuru, em Curitiba, tinha fundamento. Ao notar que um dos hóspedes não cruzava a porta de saída da pensão há dias, resolveu acionar a Polícia Militar (PM) na manhã desta terça-feira (19). Januário Alexandre Neves, 40 anos, foi encontrado morto em cima da cama. As causas da morte estão sendo apuradas.

Neves tinha problema com alcoolismo e há anos morava nesta pensão – paga pela família – na rua Egito. Desde sexta-feira (15) o dono da pensão não viu mais o hóspede, que sempre entrava e saía da pensão, e resolveu acionar a PM. Com o auxílio de escada, policiais entraram pela janela no quarto de Neves. Ele estava deitado em cima da cama com ferimento na boca. Não há outro sinal de violência.

O Instituto de Criminalística esteve no local e vai fazer uma breve perícia no quarto da vítima. No entanto, há possibilidade dele ter morrido por causa da bebida. O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba vai recolher o corpo e a Delegacia de Homicídios vai acompanhar os resultados dos exames complementares que indicarão a causa da morte.