Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

Mesmo com o dinheiro na mão para entregar aos assaltantes, o dono de uma frutaria, identificado como Luiz Antônio da Silva, de 35 anos, morreu na hora ao levar quatro tiros na tarde desta segunda-feira (1). O latrocínio (roubo seguido de morte) aconteceu no Jardim Gracielle, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba.

Segundo o cabo Anderson, da Polícia Militar (PM), pode ter acontecido uma reação por parte da vítima. “Deve ter sido desta forma. O que chama a atenção é a presença do dinheiro em sua mão. O crime aconteceu no intervalo de um patrulhamento por parte da PM e a informação é de que os suspeitos eram menores de idade”, afirmou à Banda B.

Já o cabo Zamboni, do Siate do Corpo de Bombeiros, disse que ao chegar ao local nada pôde ser feito pela vítima. “Quando chegamos o rapaz já estava morto. Foram vários tiros e o que chamou a atenção foi o dinheiro em sua mão. Um crime brutal realmente”, contou.

“Trabalhador

O comerciante Antônio Marcos, que também trabalha na região, lamentou o que aconteceu com Luiz Antônio. “Era um rapaz trabalhador que saia cedo para pegar frutas no Ceasa e revender aqui. Uma situação que choca a todos. Precisamos de mais segurança”, reclamou.

A Polícia Civil de Almirante Tamandaré investiga o caso. Os suspeitos teriam fugido a pé e até o fechamento da reportagem não foram localizados.