Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

Santos era conhecido como Japa e tinha o bar há cerca de quatro anos. Foto: DM/Banda B

O dono de um bar de 45 anos foi assassinado no bairro Caximba, em Curitiba, dentro do estabelecimento comercial na manhã desta quarta-feira (29). Sedenir dos Santos foi morto por dois disparos de arma de fogo e os assassinos ainda não foram encontrados. A família está em estado de choque e afirma que ele não tinha inimizades.

O crime aconteceu na rua Dois, Vila 29 de Outubro, em uma área de invasão do bairro. Santos era conhecido como Japa e tinha o bar há cerca de quatro anos. Assim que ouviram disparos e viram o homem caído, vizinhos acionaram a Polícia Militar (PM) e o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate).

O socorrista Leonardo disse, no entanto, que o socorro foi em vão. “Chegamos aqui e a vítima já estava em óbito, não teve o que fazer. Ferimento em tórax e crânio. Muita gente aqui, mas ninguém sabe de nada”, contou à Banda B.

A esposa de Santos estava inconformada no local e disse apenas que, ultimamente, o antigo dono de um terreno que Japa negociou estava ligando frequentemente. “Estava em casa, ele tem o bar há quatro anos. Fui avisada em casa e quando cheguei aqui já encontrei ele morto. Eu não sei quem que fez isso com ele, não tinha inimizade com ninguém. A única coisa que aconteceu foi que ele comprou um terreno e o cara estava querendo de volta”, disse a esposa Fernanda Cordeiro Mendes, bastante emocionada.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.