Bruno Henrique/Banda B
Ela foi levada pelos bandidos depois do assalto na confeitaria dela. Ela foi morta com um tiro na nuca

A proprietária de uma panificadora no bairro Mercês, em Curitiba, foi levada em um assalto na tarde deste domingo (17) e encontrada morta na manhã desta segunda-feira (18), próximo Estrada do Cerne, em Campo Magro, região metropolitana de Curitiba. Bernadete Dolores Dulla Zella, 43 anos, era dona da Maggiore Gastronomia, que fica na Avenida Manoel Ribas, e foi seqüestrada durante um assalto na tarde de ontem. Desde então nem ela nem os bandidos deram notícias. Ela foi morta com um tiro na nuca.

Reprodução Site Oficial
Bernadete era proprietária da cofeitaria Maggiore

Moradores acionaram a Polícia Militar (PM) assim que viram o corpo de uma mulher na zona rural de Mato Limpo por volta das 7h30. Ela foi encontrada caída em uma rua de chão que fica próximo ao quilômetro 17 da Estrada do Cerne, ainda com avental da confeitaria, calça jeans, blusa cinza e Crocs no pé.

De acordo com o perito criminal do Instituto de Polícia Científica, Alexandre Lara, o atirador é experiente. “Foi um tiro apenas na nuca. Sabiam o que estavam fazendo”, disse à Banda B. A família da vítima está no local e bastante chocada com o crime. A confeitaria está em luto e não previsão para abrir as portas e voltar a atender o público. Comerciantes da região estão consternados e já planejam ações de manifesto.

O corpo de Bernadete foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba. A Polícia Civil começa a traçar uma linha de investigação a procura dos suspeitos.