Da Redação com Polícia Civil

Um DJ foi preso, na madrugada de domingo (18), com cerca de mil comprimidos de ecstasy – avaliados em R$ 50 mil – escondidos na mochila em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Gabriel Roque Lima de Souza, de 20 anos, foi flagrado dentro de um ônibus de viagem, que seguia para Pitanga, na BR-277.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ao ser questionado pela polícia, o suspeito disse que vendia cada comprimido pelo valor de R$ 50. O jovem alegou, ainda, que receberia a quantia de R$ 2 mil para fazer o transporte da droga.

Após o compartilhamento de informações entre os órgãos de Segurança Pública, a Denarc conseguiu identificar e prender o suspeito. Investigações apontaram que o rapaz fazia o constante transporte de drogas sintéticas entre de Paraná e Santa Catarina.

O delegado-operacional da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), Rodrigo Souza, afirmou que se surpreendeu com a expressiva quantidade de droga apreendida. “Essa grande apreensão nos leva a crer que essa pessoa integra uma organização criminosa voltada à comercialização de drogas sintéticas em festas raves. Esse entorpecente é utilizado por jovens, muitas vezes de classe média, que acham que isso não é tráfico”, relatou.

O suspeito responderá pelo crime de tráfico de drogas. Se condenado, poderá pegar uma pena de 5 a 15 anos de reclusão, com aumento devido ao tráfico interestadual. Ele permanece na delegacia à disposição da Justiça.