Por Elizangela Jubanski

muay

Anderson lutava muay thai e era bastante querido entre os amigos. Foto: Reprodução

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga um crime que aconteceu na noite deste domingo (1º), no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Anderson Machado Bueno, 37 anos, foi morto a tiros e socorrido por amigos até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro, mas não resistiu. Ele foi ferido por cerca de 15 disparos de arma de fogo e a motivação ainda é desconhecida.

Segundo apurado pela Banda B, Bueno estava na rua Cidade de Ituporanga, no Conjunto Coqueiro, quando um homem teria passado atirando contra ele, às 17h15. Amigos que estavam próximos não se feriram, o que indica que apenas Bueno era o alvo dos disparos.

Moradores ouviram os tiros e acionaram a Polícia Militar (PM), mas Bueno foi socorrido pelos próprios amigos, que o colocaram dentro de um carro e o levaram para a UPA. Pouco tempo após dar entrada, a vítima não resistiu e morreu.

Não há informações sobre o que teria acontecido minutos antes do crime ou a motivação. O autor dos disparos fugiu e ainda não foi encontrado. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A DHPP investiga.

Homenagens

Bueno treinava muay thai na Academia Chute Box e desde ontem recebeu diversas homenagens pela rede social Facebook. Amigos, professores da academia e familiares escreveram mensagens de adeus. O velório e o enterro acontece no Cemitério Paroquial Umbará, às 10 horas.