Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

A trégua no bairro mais violento de Curitiba parece ter chegado ao fim. Depois da Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR) anunciar que a Cidade Industrial de Curitiba (CIC) estava há 39 dias sem assassinatos, dois homens foram executados em menos de 12 horas. O primeiro caso aconteceu durante a noite de sábado (6) em um bar e o segundo na madrugada deste domingo (7) em um descampado.

Ambos os casos aconteceram na Vila Verde, portanto, se quiser, a Sesp-PR ainda pode dizer que as regiões da CIC, exceto pela Vila Verde, estão há 39 dias sem assassinatos.

Durante a noite

O jovem Wellington Fortes Coimbra, de 25 anos, foi executado a tiros em um bar na Vila Verde, na Cidade Industrial de Curitiba, durante a noite deste sábado (6). Este homicídio deu fim a trégua que durava 39 dias no bairro mais violento da capital.

“A vítima estava em um bar com outro amigo quando homens em uma bicicleta atiraram quatro vezes contra as costas dele. O rapaz morreu na hora sem chance de reação”, destacou à Banda B o delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios de Curitiba.

O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Pela manhã

CORPO CIC

Corpo foi encontrado em descampado na CIC (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

O corpo de Romildo Aparecido de Paula, de 26 anos, foi encontrado em um descampado embaixo das torres de alta tensão na Rua Anjolilo Buzeti, também na Vila Verde, na CIC, durante a manhã deste domingo (7).

A Polícia Militar acredita que a vítima foi agredida até a morte de madrugada. Ele seria um usuário de drogas da região e estava devendo para traficantes.

A DH também investiga este caso.

Notícias relacionadas

Considerado o bairro mais violento da capital, CIC completa 37 dias sem assassinatos