Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Um jovem de 23 anos que já tinha marcas de 11 disparos de arma de fogo pelo corpo morreu baleado na tarde deste domingo (18), no bairro Cajuru. Jean Carlos da Silva estava em frente a casa de um amigo quando um homem se aproximou e efetuou os disparos. Silva tentou correr para dentro da casa, mas morreu antes do socorro.

O crime aconteceu na rua Miguel Pedro Abib, no  Jardim Acrópole, por volta das 12h45. Segundo testemunhas, Silva estava sentado em frente a casa de um amigo, onde ele morava temporariamente. Um homem se aproximou dele, disse algumas palavras e efetuou cerca de cinco tiros – dois atingiram a vítima, que caiu na garagem da casa.

Há cerca de um ano, Silva teria sofrido um atentado e ficou internado por dois meses, segundo um amigo, que preferiu não se identificar. Segundo ele, Silva teria inimizade com outros rapazes da região, mas preferiu não entrar em detalhes sobre o acerto de contas.

O crime será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.