Depois de passar 16 anos na cadeia condenado por roubo, Vilmar Witnann, de 40 anos, morreu assassinado na madrugada desta quarta-feira (13) na Rua Joaquim Teodoro Portugal, no bairro Xaxim, em Curitiba. Ele chegou a ser encaminhado com vida ao Hospital do Trabalhador (HT), mas não resistiu aos dois tiros que levou. Detalhe no caso é que Vilmar havia ganhando a liberdade há cerca de cinco anos.

Em um primeiro momento, ele havia se mudado para Santa Catarina, mas nos últimos meses estava de volta a capital paranaense. “Ele havia saído de casa e quando chegava da rua durante a madrugada foi abordado na garagem. Pode ser que o crime tenha uma relação com seu antecedente criminal. O atirador estava a pé e segundo testemunhas vestia roupa escura e usava boné”, detalhou Recalcatti.

O corpo de Witnann foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).