Juliano Cunha/Banda B
Suspeito confirmou que vende drogas e usa adolescentes no serviço

Um dos suspeitos de ter participado de uma ação de vandalismo contra uma viatura da Polícia Militar (PM) foi preso na noite desta quarta-feira (17) na Cidade Industrial de Curitiba. Um grupo ateou fogo em um carro da PM no último dia 9 na rua Cid Campelo, no mesmo bairro.

A prisão do suspeito, identificado como Everton Inácio, de 28 anos, aconteceu na rua Ernani Simas Alves, na Vila Barigui depois de uma denúncia anônima. Pessoas que não quiseram se identificar entraram em contato com o narcodenúncia – 181 – e revelaram que o suspeito de atear fogo na viatura mantinha drogas dentro do veículo dele. A PM foi até o local indicado e encontrou 50 pedras de crack, uma bucha de cocaína, uma balança de precisão e dinheiro. O suspeito foi detido e não reagiu. Durante o transporte para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) Inácio confirmou que era traficante.

O tenente Osias, que fez a prisão do suspeito, disse que ele pode ser classificado como um ‘homem folgado’. “Ele confessou que trafica deixando a droga para adolescentes venderem. Esse suspeito é folgado, já cumpriu pena por tráfico e está aí, de novo”, disse o tenente, em entrevista à Banda B.

A participação de Everton no incêndio a uma viatura da PM ainda será investigada pela Polícia Civil. O acusado já tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e extorsão. Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.