Uma auxiliar de enfermagem de 40 anos foi presa em flagrante, na tarde desta quarta-feira (14), com um anel e um par de brincos furtados da casa onde ela trabalhava como cuidadora de idoso. Segundo a polícia, a mulher teria cometido uma série de furtos de joias, causando um prejuízo aproximado de R$ 70 mil aos moradores da residência, localizada na Avenida Iguaçu, no bairro Rebouças, em Curitiba.

Segundo o delegado-adjunto da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), Emmanoel David, a auxiliar havia sido contratada por uma empresa específica para atuar no ramo de cuidador de idosos. “A família começou a sentir falta de várias joias em casa justamente nos dias em que a mulher ia trabalhar, há pouco mais de um mês. No dia do flagrante, eles viram que havia algo errado e acionaram a polícia, que encontrou os objetos dentro da bolsa dela”, disse ele.

Em seguida, os policiais foram até a casa da suspeita, no bairro Tatuquara, onde localizaram outras peças, como anéis, pingentes, pulseiras e diversas caixas de joias já vazias. Posteriormente, os investigadores analisaram câmeras de segurança instaladas no interior da casa para acompanhar o cuidado do parente idoso e monitorar atividades suspeitas. “As imagens são muito claras e mostram a auxiliar de enfermagem agindo em diferentes oportunidades. Ela, inclusive, escolhia as joias de maiores valores, deixando as bijuterias de lado”, completou.

No momento da prisão, a mulher, que trabalhava na residência há cinco meses, afirmou que havia encontrado o anel e os brincos no chão, mas que não tinha a intenção de praticar o furto. Já na delegacia, acompanhada de um advogado, ela preferiu permanecer em silêncio.

“Informalmente, ela confessou que penhorava a maior parte dos produtos furtados. Foi o que ela fez com um par de brincos em ouro branco com brilhantes, avaliado em R$ 17 mil. Mas nós estamos investigando a atuação de possíveis receptadores no caso”, afirmou o delegado.

A empresa pela qual a suspeita foi contratada também deve prestar esclarecimentos à polícia. A auxiliar, que não tinha antecedentes criminais, permanece presa à disposição da Justiça. Ela vai responder pelo crime de furto qualificado.

Confira abaixo vídeo do furto e da prisão divulgado pela Polícia Civil: