O acesso a armas de fogo fez com que duas crianças ‘brincassem’ de roleta-russa no início da tarde deste domingo (24) em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba. A criança de 9 anos foi atingida por um tiro na boca dentro da residência da outra de 12, na rua Dorival Caymmi no Jardim Veneza. A vítima foi levada ao pronto-socorro do hospital da cidade e seu quadro de saúde inspira cuidados. Dois jovens foram detidos.

Por volta das 13h30, as duas crianças acharam a arma que, segundo a Polícia Militar (PM) é do irmão da criança mais velha. Elas não sabiam que estava municiada e mesmo assim resolveram brincar de roleta-russa apontando a arma um para o outro e efetuando disparos. Em um deles, o projétil foi liberado e acertou o menino no rosto. Não há informações sobre a família do garoto que foi levado às pressas para o hospital da região.

Um adolescente de 17 anos foi apreendido como sendo o responsável pela arma, um revolver calibre 32. Outros dois: Anderson Ricardo de Souza Sena, 20 anos, e Julio Cesar da Silva, 20, foram presos tentando esconder a arma usada pelas crianças e outra com o mesmo calibre.

De acordo com informações preliminares o garoto não corre risco de morte. “A bala ficou alojada entre o maxilar e a coluna cervical da criança, por isso ela está em um quadro estável”, contou à Banda B o soldado Shefemaker da 17° Batalhão Polícia Militar. Os médicos estudam a possibilidade de encaminhar o garoto ao Hospital Trabalhador.