Por Elizangela Jubanski com Polícia Civil

Um pedreiro de 33 anos foi preso em flagrante nesta segunda-feira (5) acusado de abusar sexualmente da própria filha de 5 anos. O abuso aconteceu há um ano e o relato rico em detalhes feito pela criança foi crucial na prisão do homem. A prisão feita por policiais civis do Núcleo de Proteção à Criança e o Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) aconteceu no momento em que ele chegava em casa, no bairro Butiatuvinha, em Curitiba.

“O crime aconteceu há cerca de um ano e graças à riqueza de detalhes que a menina passou em seu depoimento, o juiz já concedeu o mandado de prisão, cumprido de imediato pelos policiais aqui do Nucria”, contou a delegada-adjunta do Nucria, Sabrina Alexandrino.

Sabrina contou que o homem foi capturado quando chegava em sua casa, por volta das 19h, após os policiais ficarem de campana no aguardo de sua chegada. “A menina tinha pavor do pai. Ela contou coisas em seu depoimento que só podem ser verdade. Uma menina de 5 anos não poderia inventar de sua cabeça as coisas que ela nos contou. Por isso, o juiz nem esperou os resultados dos exames para decretar a prisão do pai da vítima”, explicou Sabrina.

O pedreiro foi encaminhado para carceragem da Delegacia da Mulher de Curitiba, onde aguardará até ser recolhido ao sistema penitenciário.