Marina Sequinel e Antônio Nascimento

corpo-111013-bandab

A cova foi feita um dia antes do crime. (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

O corpo de um homem assassinado há mais de 30 dias foi encontrado em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta sexta-feira (11). Um detalhe inusitado chamou a atenção dos policiais: o cadáver estava enterrado em uma cova, no meio do mato, que havia sido preparada pelo autor um dia antes do crime. O buraco tinha cerca de 1,5 m de profundidade.

Segundo o investigador Maurício, que acompanhou o caso, denúncias feitas pela família da vítima, identificada apenas como José, levaram os policiais ao corpo.  A informação é de que o motivo do crime teria sido uma briga relacionada à venda de carros. Parentes de José, que moram em Santa Catarina, ligaram à procura dele.

Na sequência das investigações da polícia, um jovem de aproximadamente 20 anos confessou que tinha matado o homem. Na casa do autor, foram encontrados dois carros e um caminhão da vítima. “Ele cavou o buraco um dia antes de cometer o assassinato. Ele teria levado a vítima até o local e atirado contra ela, o que causou a queda do corpo na cova”, explicou o investigador à Banda B. Apesar da lama e da sujeira, o Corpo de Bombeiros trabalha para resgatar o cadáver.

Maurício informou também que o responsável pelo homicídio já está preso. Ele foi identificado como Anderson. Existe, ainda, a suspeita de que outras pessoas estariam envolvidas no crime. A Delegacia de Piraquara investiga o caso.