Da Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia de Estelionato e Desvio de Carga (DEDC), sob o comando do delegado-titular Marcelo Lemos de Oliveira, desencadearam, na manhã desta quinta-feira (6), a “Operação Olho Grande”, cumprindo, nos bairros Boqueirão e Hauer, em Curitiba, dois mandados de prisão contra, Carlos Henrique de Souza, 39 anos e seu irmão, Alessandro Bento de Souza, 37 anos, suspeitos de furto e lavagem de dinheiro.

As investigações, que duraram três meses, iniciaram depois que uma empresa, localizada na Cidade Industrial (CIC), realizou uma denúncia alegando que estaria sendo lesada.

De acordo com investigações, Carlos trabalhava como coordenador financeiro há 20 anos nesta empresa, e se aproveitou do cargo de confiança para desviar cheques de clientes com o intuito de destinar o dinheiro, para a conta de Alessadro e sua empresa. Investigações apuraram ainda, que o dinheiro foi desviado também para a conta de sua mãe. O valor do golpe chegou a aproximadamente R$ 400 mil.

Segundo Oliveira, se for comprovado, os suspeitos poderão pegar uma pena alta. “A dupla vai responder por furto qualificado e lavagem de dinheiro, os irmãos e sua mãe podem pegar mais de dez anos de prisão, e o nome da operação foi alusão à ganância do investigado, que desfrutava de confiança na empresa, na área financeira”, finaliza.