Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

Foto: Flávia Barros - Banda B

Fotos: Flávia Barros – Banda B

Uma confusão generalizada envolvendo cerca de dez jovens terminou com um adolescente de 17 anos apreendido no começo da manhã deste domingo (11), em frente à Praça 29 de Março, no bairro Mercês, em Curitiba. Com versões conflitantes entre os envolvidos, um dos agredidos afirma que foi hostilizado e teve o carro roubado pelo adolescente detido. Já a namorada deste adolescente garante que tudo começou após um assédio contra ela.

Renault Duster ficou bastante danificada

Renault Duster ficou bastante danificada

Em entrevista à Banda B, o motorista do veículo Renault Duster levado pelo adolescente detido afirmou que foi hostilizado pelas pessoas que estavam na praça e que desceu para tirar satisfação. “Assim que desci, pelo menos sete deles vieram para cima de mim e me atingiram vários socos e chutes. Corri até a loja de conveniência do posto de combustível para me esconder, então esse detido tirou meu amigo e levou o carro embora”, disse.

Por sua vez, uma jovem de 18 anos afirmou que foi assediada pelo motorista da Duster, o que causou a revolta do namorado detido.  “Eu estava com duas amigas e ele desceu do carro para passar a mão em mim. Nisso, o meu namorado e os delas acertaram alguns socos no carro e esse motorista desceu de novo querendo bater em todo mundo. O meu namorado não pegou o carro por maldade, só quis dar um susto e abandonou uma quadra depois”, garantiu.

Um policial militar foi quem flagrou a ação e entrou em contato com as viaturas mais próximas. O veículo Duster ficou bastante danificado por causa dos chutes e batidas.

Todos os envolvidos foram encaminhados à Delegacia do Adolescente para esclarecimentos.