(Foto: Reprodução A Rede)

O Hospital Bom Jesus confirmou a morte cerebral do vereador Miguel Calixto (PSD), de Barra do Jacaré (Norte Pioneiro do Paraná). Ele estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital desde terça-feira (6), quando foi ferido a tiros durante a tentativa de assalto a um comboio de cinco carros-fortes na BR-376, na região de Witmarsum, em Palmeira. A morte foi confirmada no fim da tarde desta quinta-feira (8).

Assim que a morte cerebral foi confirmada, a família autorizou a doação de órgãos. O corpo deve ser levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa ainda na manhã desta sexta-feira (9), onde os laudos serão elaborados para auxiliar na investigação do caso. Somente depois disso, o corpo deve ser liberado aos familiares para ser velado e sepultado.

Além de Calixto, outros dois parlamentares estavam dentro do carro – um morreu na hora e o outro escapou ileso do atentado. Elton Aguiar, o Coruja (PV), não resistiu às lesões provocadas pelos tiros e morreu ainda no local do tiroteio. O outro vereador, Edval do Nascimento (PR), escapou sem levar nenhum tiro. Eles seguiam para Curitiba, onde participariam de reunião com autoridades do governo do Estado em busca de recursos para a cidade.

Além de Coruja e Calixto, o caminhoneiro Vilson Siqueira foi outro inocente que também perdeu a vida na rodovia. O corpo dele foi encontrado horas depois do fim do tiroteio, dentro do caminhão, durante a perícia na região do confronto. Os outros três mortos são suspeitos de participação no crime: um morreu na hora e outros dois foram mortos em um tiroteio na área rural de Campo Largo, ainda na noite de terça-feira.

Para mais informações sobre os Campos Gerais acesse o Portal A Rede clique aqui.

Notícia Relacionada: