Da Polícia Civil

Através de uma ação realizada pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) da Capital, Sandro Alves Valente, de 34 anos, suspeito de integrar uma facção criminosa do país, foi preso na manhã desta terça-feira (14) na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). O rapaz, conhecido como ‘Sandrinho da CIC’, estava foragido da Justiça desde o mês de agosto de 2016 e possui uma condenação de 25 anos e seis meses, conforme atestado de pena.

O homem está sendo investigado por uma série de crimes contra o patrimônio, inclusive de procedimentos criminais de 15 anos atrás, por crimes de roubo, receptação, porte ilegal de arma de fogo e falsidade ideológica.

Sandrinho da CIC foi preso por policiais da DFR

“Tanto no ano de 2001 quanto no ano de 2002, o homem foi indiciado por diferentes crimes de roubo. Em 2003, além de roubo o rapaz também responde por um crime de receptação. Em 2004 há outro inquérito instaurado por mais um crime de roubo. Já em 2005, o suspeito foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo e no ano de 2010 foi preso pelos três crimes juntos e ainda responde por falsidade ideológica”, afirma o delegado-titular da especializada, Matheus Araújo Laiola.

O delegado ressalta que a equipe intensificará as investigações contra o foragido, com o intuito de averiguar o seu envolvimento com uma facção criminosa do Brasil. O homem está preso no Setor de Carceragem Temporário (Secat) da DFR, onde aguarda transferência para o presídio.

AÇÃO DISTINTA – Duas televisões furtadas em janeiro deste ano, de uma rede comercial, situada na Avenida República Argentina, foram recuperadas pela equipe da DFR, durante o cumprimento de três mandados de busca e apreensão no bairro Uberaba. A ação aconteceu na tarde de segunda-feira (13). Uma mulher de 31 anos, foi encaminhada para a DFR para prestar esclarecimento.

A mulher prestava serviços de segurança para a rede comercial que foi vítima do furto. Na delegacia a mulher foi indiciada por furto qualificado mediante abuso de confiança e se encontra à disposição da Justiça.