O comerciante Jorge Kuk da Silva, 46 anos, que foi baleado no peito durante um assalto a sua mercearia no bairro Xaxim, morreu no final da tarde desta terça-feira (5) no hospital em que tava internado. Kuk permaneceu na UTI desde o dia 15 de fevereiro e não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o delegado Daniel Fagundes, da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), a polícia continua investigando o caso, mas devido às poucas informações, ainda não há um levantamento de suspeitos. “Não há informações precisas além do fato deles terem fugido em um Monza verde logo após os tiros”, disse.

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a Polícia Civil a encontrar os assaltantes, ligar para a DFR no telefone: 3218-6100.

Errata

Pela manhã a Banda B noticiou que um empresário de nome Jorge, dono de uma consultoria, teria morrido após ser esfaqueado na perna devido a uma informação errada repassada para a reportagem pela Polícia Civil. A Banda B esclarece que, provavelmente pelo fato das duas vítimas se chamarem Jorge, houve um desencontro nas informações.

Este empresário também foi assaltado, chegou a ser hospitalizado, mas passa bem.