A Polícia Militar iniciou no litoral paranaense durante este sábado (26) uma campanha de orientações de segurança para aos veranistas, mas o comandante-geral, coronel Roberson Luiz Bondaruk, também falou sobre o afastamento do sub-comandante coronel César Alberto Souza. Durante a semana, vários veículos divulgaram que o afastamento teria sido motivado por um desentendimento entre os dois, mas Bondaruk, questionado pela reportagem da Banda B, garantiu que não.

“O sistema de administração da PM é muito dinâmico e isso é natural que aconteça, não houve desentendimento entre os comandos. O coronel César agora deve trabalhar na Secretaria de Segurança Pública e já atua no sub-comando o coronel Péricles de Matos na parte de coordenação operacional”, afirmou.

Campanha

De acordo com o coronel Bondaruk, a campanha iniciada hoje pela PM visa através da prevenção, orientações de segurança que são repassadas a todos os veranistas. São distribuídos materiais de divulgação, como para-sóis para carros, folders, sacolas descartáveis para coleta de lixo e cartilha de segurança residencial. “Ao mesmo tempo da divulgação, os policiais se integram com a comunidade e melhoram a prevenção contra delitos. Começamos agora no litoral e essas medidas serão levadas para as outras cidades do Paraná”, disse.

Segundo o coronel, medidas preventivas podem acrescentar muito com a segurança pública. “Em alguns momentos, mais de 70% dos crimes que acontecem são de menor potencial ofensivo e que seriam evitadas por medidas preventivas, isso lota nosso atendimento 190, fazendo com que a polícia esteja ocupada com ocorrências de menor potencial, enquanto as mais graves entram em uma fila superlotada”, concluiu.