Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

Foto: Flávia Barros - Banda B

Foto: Flávia Barros – Banda B

O médico pneumologista Sergio Roberto Savytzky, de 58 anos, foi encontrado morto no começo da tarde desta sexta-feira (12) dentro do apartamento em que morava, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. De acordo com a Polícia Civil, o corpo foi encontrado pelos pais da vítima, que estranharam a não ida ao trabalho. A vítima apresentava sinais de asfixia e carro e celular foram levados do local.

Segundo o delegado Erik Wermelinger, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o caso é trabalhado inicialmente como latrocínio (roubo seguido de morte). “Estamos investigando uma pessoa que esteve aqui no apartamento na noite de ontem. A princípio era um conhecido da vítima e que já esteve aqui mais vezes”, explicou.

Vizinhos da vítima contaram no local Savytzky morava neste apartamento há pelo menos oito anos e sempre tratou todos muito bem. “Ele era um amor, solidário e que nos apoiava. Sempre tinha a palavra certa para a hora certa. Nunca abandonava pacientes e era muito dedicado ao ser humano e a quem precisava”, relatou.

No local, ninguém soube dizer o que pode ter acontecido e nenhum barulho foi ouvido. Pelos relatos, a vítima era uma pessoa reservada, que dificilmente levava uma visita para casa. Na noite de quinta-feira (11), porém, este rapaz de capuz e mochila nas costas teria o visitado por volta das 20h10.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal e a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deve investigar o caso. Caso se confirme o roubo, o caso pode passar a ser investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos.