Uma cobradora de ônibus que trabalha em uma estação-tubo, em Curitiba, foi violentada na madrugada desta quinta-feira (16). O agressor seria um homem que teria assaltado a estação-tubo em que ela trabalha um dia antes do estupro. Ele ainda não foi identificado.

A Polícia Civil está investigando o caso e já pediu imagens das estações-tubo à Urbs. A reportagem da Banda B entrou em contato com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) e foi informada que o sindicato tem conhecimento da situação e que vai acompanhar e dar atendimento específico à vítima.

Mais informações em breve