Da Redação

A Guarda Municipal de Curitiba (GM) atendeu diversas ocorrências de briga entre torcidas em terminais de ônibus em Curitiba. As principais situações aconteceram nos bairros Sítio Cercado e no Cajuru.

(Foto: Divulgação)

Sítio Cercado

Por volta das 20h, a guarda foi acionada para um confronto entre torcedores. Eram aproximadamente 200 pessoas que estavam dentro e fora do Terminal do Sítio Cercado, colocando em risco os usuários do transporte coletivo. A GM controlou a situação em alguns minutos e não houve registros de detenções ou pessoas feridas.

Cajuru

Já no Terminal do Cajuru, a GM atendeu outra ocorrência de briga de torcidas, quando fazia o acompanhamento de aproximadamente 45 torcedores do Paraná Clube. Eles foram surpreendidos por vários suspeitos em veículos que investiram contra a equipe de guarda (com pedras e efetuando disparo de arma de fogo e rojões ).

Não houve registro de vítimas, porém deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cajuru, um homem, com a camisa do Atlético Paranaense, ferido por arma de fogo na perna direita.

Centro

Também houve registro de tumultos entre torcidas com intervenção da GM em outros três pontos centrais da cidade. Os guardas tentaram evitar o confronto, porém os torcedores do Atlético forçaram às portas do coletivo e investiram contra os guardas, sendo necessário efetuar disparos de alerta.

A Secretaria de Defesa Social vai realizar um reunião integrando forças com os demais órgãos de segurança, clubes e torcidas organizadas. O objetivo é acabar de vez com estas ocorrências, que custam muito caro ao município.