Fotos: Bruno Henrique/Banda B
Alessandra foi reconhecida

Um casal que faz parte de uma quadrilha que aplica golpes do “paco” e do “bilhete premiado” foi preso na manhã desta quarta-feira (8) depois de três meses de investigações. Alessandra do Nascimento, 28 anos, e Carlos Willian de Souza, 20 anos, foram presos em um hotel na BR-476, no bairro Bacacheri, na altura do Hospital Vita, na Linha Verde.

De acordo com as investigações, a dupla integra uma quadrilha com outras três pessoas acusadas de aplicarem o golpe do bilhete e o golpe do paco na cidade Curitiba e região metropolitana. ”Paco” são tiras de jornal envoltas em uma nota verdadeira de dinheiro para dar a impressão de um maço de notas, utilizado para enganar a vítima que pensa estar diante de grandes somas em dinheiro. O ‘bilhete premiado’ é uma farsa onde o grupo afirma que são os ganhadores de uma bolada em dinheiro.

Carlos ofereceu dinheiro aos policiais

Dentro do hotel a polícia encontrou várias bijuterias, outros objetos e notas de R$ 2 e U$ 1 para serem envoltas no pacote. Um dos presos é de Passo Fundo (RS) e o outro de Itapema (SC). Alessandra foi reconhecida pelas vítimas como sendo uma das participantes do ‘teatro’ para a realização do golpe. No momento da prisão, Carlos tentou subornar os policiais.

Dois dos três identificados já estão sendo procurados pela Delegacia de Estelionato e Desvio de Carga (DEDC). São eles: Iones Rosa do Santos, 38 anos, que possui 30 mandados de prisão; e Edson dos Santos, 29 anos, que possui nove mandados em aberto. Eles estão sendo procurados pela polícia do Estado.